quinta-feira, 4 de julho de 2013

um carro que voa... literalmente!!

Em 1940, Henry Ford, presidente da Ford, disse: "Marque minhas palavras: Uma combinação de avião e automóvel está chegando. Você pode sorrir. Mas virá ..." E agora é aqui, como ele previu ... o carro ideal ... ainda não está à venda, mas em breve. Não é um gadget de Star Trek, é o novo Moller Skycar, M400. 


Melhor do que o poderíamos imaginar. Quem nunca sonhou em um carro que não precisasse ficar parado em engarrafamentos, ou que tivesse problemas de pneus furados por causa de buracos na estrada? Este sonho pode se tornar realidade em pouco tempo. A Moller Industries, mesma fabricante do M200G, o Hovercraft voador,  previu o lançamento do SKYCAR de 2011.

Com capacidade para 4 passageiros e 340 kg de carga, o SKYCAR é um meio de transporte individual e infelizmente precisará de brevê para poder pilota-lo, além é claro de seu preço bem salgado, um pouco mais de R$ 1.500.000,00, o que não é pra qualquer um.
Ele possui um tanque de 142 litros e autonomia pra 1207 km (álcool) e uma média de 8,5 km por litro com velocidade de cruzeiro de 491 km/h. Com seus quatro motores gerando a potência de 720 cv e podendo chegar a 1.155 cv o M400 alcança a altitude de 36 mil pés (10.973 m).
O M400, que parece estar ainda em desenvolvimento, tem como objetivo fornecer quatro lugares e é conhecido como um carro, uma vez que tem como objetivo tornar-se um dos mais populares meios de transporte para quem pode dirigir. É uma verdadeira maravilha como nenhum conhecimento piloto é necessário (este carro inteligente terá controles de vôo automatizados incorporados) 





O preço para o primeiro Moller Skycars é esperado para estar perto de R$ 1 milhão, mas ele vai finalmente cair para um de um carro de qualidade, uma vez que terá incorporado motores rotativos Wankel com melhor preço.


O Moller Skycar é o mais sonhado " carro voador " , um protótipo para uma decolagem e pouso de aeronaves verticais pessoal de Paul Moller, que tem vindo a tentar desenvolver tais veículos por muitos anos.
Postar um comentário