sexta-feira, 21 de junho de 2013

Anánise do GP do Canadá

Vettel faz os  rivais perderem força
 A única coisas que nao foi problema entre Sebastian Vettel e vitória em Montreal, no domingo, da Red Bull foi tráfego,  ele deu volta sobre todos até ao sexto lugar, e mesmo assim o próprio Vettel  na corrida não estava livre de erros, mas a sua grande vantagem fez seus pequenos erros irrelevantes. Fernando Alonso admitiu que a Ferrari não tinha resposta para o campeão do mundo, descrevendo o segundo lugar como uma "vitória" . A que o levantou para o segundo lugar acima de Kimi Raikkonen na classificação pilotos, ja que a Lotus caiu de ritmo.
Vamos dar uma olhada nas duas equipes no concurso desse domingo no circuito Gilles-Villeneuve.
Red Bull:
Sebastian Vettel, P1 
Mark Webber, P4 
Vettel, estava em um mundo próprio durante toda à tarde, e foi capaz de dar uma  lixada  a parede 10 ª volta e, em seguida, sair da pista na primeira curva da 52° volta, sem perder o ritmo em nenhum momento, que o fizesse perder a corrida. Foi um sucesso arrasador. Webber teria ido para o pódio, mas tinha Van der Garde não virou  e ao dar uma “beijada” no hairpin, danificando assim a asa dianteira esquerda do RBR. Ele teve que se contentar com o quarto lugar. 

Ferrari :
Fernando Alonso, P2 
Felipe Massa, P8 
A Corrida de Alonso inicialmente tinha como obstáculos Rosberg e Webber, mas uma vez que ele tinha aproveitado danos asa dianteira do piloto da Red Bull começou a voar, depois superar Hamilton finalmente, na volta 63. Depois de Mônaco, ele disse que terminando atrás apenas Vettel tinha gosto de uma vitória. Massa correu uma estratégia agressiva com dois conjuntos de supersofts, mas depois senti que um conjunto deles, mais dois conjuntos de mídias teria ajudado a uma posição final superior ao oitavo lugar. Mas foi um bom dia para Ferrari geral. texto do site Fórmula 1 .

Postar um comentário